Remodelar casa de banho: quanto custa remodelar uma casa de banho?

remodelar casa de banho

Aquela que, por norma, é das divisões mais pequenas da casa, é ao mesmo tempo, uma das mais importantes, porque, não só te prepara para uma boa noite de sono, como te renova as energias e te apronta para um novo dia. A casa de banho precisa ser um espaço delicado, tranquilo, limpo e organizado, que nos proporcione sensações de bem-estar, mesmo que não façamos aquele banho de espuma relaxante. Para que assim o seja, é necessário haver um equilíbrio entre a decoração, os materiais, a praticidade dos acessórios, entre outros fatores. Se estás a ler este artigo porque tencionas remodelar a tua casa de banho, aqui vamos percorrer todos os aspetos a serem considerados numa remodelação. Não significa necessariamente que vás renovar integralmente toda a casa de banho, mas se assim o pretenderes, tens aqui o guia que te conduzirá a uma remodelação de casa de banho de sucesso.

Let’s get to work!

Índice de Conteúdos

  1. Canalização
  2. Revestimentos
  3. Loiças e torneiras
  4. Arrumação
  5. Iluminação
  6. Decoração
  7. Quanto custa remodelar uma casa de banho?
  8. Exemplos de casas de banho remodeladas
  9. Conclusão de remodelar casa de banho

 

Remodelar casa de banho

Vamos percorrer por categorias as remodelações que podes considerar fazer.

1. Canalização

Nesta categoria existem vários detalhes a considerar. Começando pela dimensão da remodelação da casa de banho, tens que definir se esta será profunda, como alterar revestimentos das paredes e pisos e trocar loiças, ou, uma remodelação mais leve que inclua por exemplo trocar apenas a cor das paredes e mudar a decoração.

Dependendo do tipo de remodelação, poderás ter que considerar diferentes aspetos na canalização. Por exemplo, mesmo que a remodelação de casa de banho seja simples, apenas com alterações à decoração, se pendurares um móvel de arrumação tens que ter cuidado para não perfurar alguma tubagem que possa estar por detrás daquela parede.

No caso de uma remodelação mais profunda, o cuidado tem que ser redobrado ou até repensado quanto à sua estrutura. Imagina, por exemplo, que queres trocar a sanita que tens, por uma mais moderna de fixação na parede ao invés de fixação no chão. Repara que nesse caso a entrada e saída de água teria que acontecer através da parede e não do chão. Logo, irias necessitar de adaptar a canalização à nova sanita.

Desta forma, é importante, definir as prioridades que queres remodelar na casa de banho, para preveres as alterações que serão necessárias na canalização. Se não forem necessárias, perfeito! No entanto, deves mesmo assim, verificar se a canalização e a sua estrutura se encontram em bom estado. Dependendo da idade do imóvel ou da última renovação da instalação, poderá ser conveniente verificar se esta ainda se encontra em bom estado de conservação.

Dentro desta componente, outra questão a considerar é o sistema de extração de humidade. Podes estar a pensar: uma janela não faz esse trabalho? Bem, na verdade faz, mas podes tornar esse processo mais eficiente. Podes fazê-lo de duas formas, instalando uma ventoinha extratora, na própria janela, ou, optar por um sistema de extração de parede ou teto.

2. Revestimentos

Ao remodelar uma casa de banho, qualquer que seja o revestimento que escolheres, é importante que este seja apropriado para locais com humidade. Caso contrário, terás rapidamente as paredes com manchas da humidade. É importante revestir as paredes que estão mais sujeitas à humidade, por exemplo aquelas que circundam a banheira ou a cabine de duche. As restantes, se preferires um estilo mais minimalista, ou mesmo que queiras dar alguma cor ao espaço, podes apenas pintar com uma tinta apropriada.

As opções de revestimento são vastas:

  • Tinta antifúngica adequada para ambientes húmidos, com ampla diversidade de cores;
  • Papel de parede resistente à água;
  • Painéis decorativos em PVC: são aplicados com uma cola especial para ambientes húmidos cujo objetivo prima pela personalização do espaço, sendo possível imitar madeira, pedra, entre outras;
  • Cerâmica: é a solução mais tradicional e onde também existem diversos estilos, texturas e padrões.
  • Madeira com tratamento especial para humidades: é uma solução um pouco mais cara, mas diferenciadora, pela criação de um ambiente acolhedor e a sensação de ser mais quente.

Para o revestimento do chão, o mais usual é o uso da cerâmica ou a madeira.

3. Loiças e Torneiras

  • Substituição de banheira por cabine de duche

As banheiras são dos componentes de casa de banho que mais têm entrado em desuso. Por questões estéticas e práticas, as cabines de duche são agora a preferência da maioria das pessoas, incluindo designers de interiores. Para além de serem muito práticas para o dia a dia corrido, ocupam menos espaço e, têm uma estética mais agradável.

A complexidade da substituição da banheira vai depender da instalação desta, mas por norma, é tão simples como desmontar a torneira, retirar o silicone que une a banheira à parede, e finalmente, levantar a banheiro para a retirar do seu suporte. Depois, precisas retirar o revestimento antigo com cuidado para não danificar a parede, de seguida, preparar a canalização da cabine de duche, depois deves colocar a base da cabine e só então, passar ao revestimento da parede que envolve a cabine de duche. Aplica as novas torneiras e finaliza montando a cabine. Podes fazer tudo isto sozinho, se tiveres conhecimentos e habilidade para tal, ou contratar um profissional para o fazer.

  • Substituição da Sanita e Lavatório

Se estas tuas loiças já têm alguns anos e a remodelação serve também para fazer um upgrade na estética deste cómodo, poderás considerar a substituição das loiças por outras mais modernas e elegantes. As opções são variadas, para todos os gostos e orçamentos. Esta substituição é simples, mas terás que ter em atenção a questão da canalização, conforme referimos anteriormente. Se estas loiças forem idênticas em termos de estrutura, não haverão muitas alterações na canalização a considerar, mas se a estrutura for consideravelmente diferente, terás que já ter planeado estas alterações no início de remodelar uma casa de banho, conforme te sugerimos. Quando escolheres as novas loiças considera optar por modelos que integram soluções de poupança de água. Sabias que com uma sanita deste tipo, podes poupar até 60% de água? Pois é, poderão ser mais caras, mas podem compensar a longo prazo.

  • Torneiras

As torneiras são consideradas por muitos, objetivamente decorativas. Têm a sua função prática, mas fazem uma enorme diferença na estética e decoração da casa de banho. Se tiveres um pensamento ambientalmente consciente e ao mesmo tempo também quiseres aumentar a Eficiência Energética da tua casa de banho, podes ponderar a possibilidade de substituíres as tuas atuais torneiras por modelos que integrem soluções de poupança de água, tal como com a sanita. Existem várias soluções, como por exemplo, torneira com sensor, a incorporação de um arejador de torneira que te permite uma poupança de água na ordem dos 8-15 litros, os reguladores de vazão que permitem controlar o fluxo de água, evitando um consumo excessivo.

4. Arrumação

Aqui podemos referir o móvel que incorpora o lavatório e umas estantes acessórias que podem funcionar como um espaço de arrumação extra e do mesmo modo, contribuir para a decoração. Existe uma boa variedade de móveis para lavatório que conseguem conjugar de forma perfeita as funções estética e de arrumação. Em lojas de decoração encontras opções minimalistas, para remodelar casas de banho mais pequenas, móveis de estilo moderno e mais composto, ou podes até preferir uma solução à medida que terás que encomendar a um fabricante.

5. Iluminação

De acordo com o recomendado pelos especialistas em decoração de interiores, a iluminação da casa de banho, assim como a dos quartos, deve considerar lâmpadas de cor amarelada, porque proporciona aconchego e conforto, transmitindo uma sensação de relaxamento. A mesma ideia se aplica tanto à iluminação geral como a iluminação local, como é o caso das lâmpadas de circundam o espelho principal.

6. Decoração

Esta é a parte mais fácil, e provavelmente a mais prazerosa. Podes procurar alguma inspiração no Pinterest, por exemplo, mas deves adequar a decoração aos materiais usados em toda a remodelação da casa de banho. Por exemplo, se tiveres usado algum revestimento de madeira, podes agora conjugar elementos decorativos igualmente de madeira. As plantas ficam sempre muito bem neste ambiente, assim como, velas, cestos que podem ser apenas decorativos ou também um espaço de arrumação, suportes para toalhas, e naturalmente, toalhas que conjuguem com as cores predominantes.

 

Quanto custa remodelar uma casa de banho?

É a pergunta que deves ter feito mesmo antes de pensar na própria remodelação. É bastante relativo pois depende dos materiais a usar. Ao fazer a seleção dos materiais deves escolhê-los tendo em conta o orçamento que definiste, mas para teres noção daquilo que podes gastar, vamos dar-te uma ideia geral dos custos.

Custos para Canalização: este poderá ser o custo mais difícil de estimar tendo em conta que pode variar de acordo com o estado e antiguidade da canalização, assim como das alterações que pretendes fazer. O ideal será pedires aconselhamento junto de um canalizador e um orçamento para a obra.

Custos dos Revestimentos:

  • Tinta antifúngica adequada para ambientes húmidos. Dependendo da marca, o preço por litro pode rondar os 10€;
  • Papel de parede resistente à água, pode rondar os 30€/m2;
  • Painéis decorativos em PVC: os preços variam bastante de acordo com a qualidade, a textura e a padronização, mas podes contar com valores entre os 40€ e os 120€ (preço por m2);
  • Cerâmica: é a solução mais tradicional e possivelmente a mais barata também. Os preços podem estar em 7€, 15€, 20€ ou 30€ por m2;
  • Madeira com tratamento especial para humidade: esta pode ser a solução com mais peso no orçamento, tendo em conta que a madeira é uma matéria-prima cara, mas também dependerá da madeira que escolheres. Ao preço desta, deves acrescentar o valor do tratamento para a humidade que pode não estar incluído;

Custo das Loiças e torneiras: aqui podes esperar um gasto entre 300€ e 700€;

Custo com Arrumação: Se incluirmos um lavatório com móvel podes contar com 200€; se quiseres um segundo móvel ou uma estante para arrumação extra esta pode variar entre 50€ a 120€;

Gastos de Iluminação: o mais comum na iluminação de casa de banho é o uso de pláfon que é uma solução bastante barata – 20€/30€, atendendo perfeitamente à necessidade da iluminação geral;

Gastos com a Decoração: Nesta categoria o orçamento é bastante flexível, tendo em conta que dependerá do estilo próprio de cada um. Se gostas de um estilo minimalista, provavelmente quererás apenas uma planta e umas toalhas bonitas, o que ficará barato. Por outro lado, se preferes ter mais elementos decorativos, como os cestos, as escadas de madeira, pequenas estatuetas orientais ou ocidentais, entre outros, o gasto será maior. Quanto à decoração consegues ajustar os teus gostos ao teu orçamento.

 

Exemplos de casas de banho remodeladas

remodelar casa de banho

remodelar casa de banho

 

Conclusão de remodelar casa de banho

É percetível que remodelar uma casa de banho pode dar bastante trabalho e acarretar bastantes custos. Se fores daquelas pessoas que tem habilidade para este tipo de tarefas consegues poupar bastante evitando a contratação de profissionais. Mas tem em atenção que há matérias em que convém mesmo obter aconselhamento ou o serviço de um especialista, por exemplo, no caso da reforma da canalização.

Casas de banho remodeladas são o sonho de qualquer pessoa que goste de uma casa bem aprumada. Vai dar trabalho, levar algum tempo para a conclusão, mas certamente, valerá todo o esforço.

Deixa uma resposta

O teu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *